domingo, 10 de fevereiro de 2013

Camarões - Classificação por tamanhos - Post III

O mercado comercializa camarões baseados no seu tamanho. Assim, quanto maior for o camarão, mais caro ele será.
Da mesma forma, quanto maior o camarão, menor a quantidade deles em 1 Kg ou, quanto menor for maior a quantidade deles por quilo.
A classificação internacional (também usada no Brasil) utiliza a quantidade de camarões por unidade de peso.

Para os camarões inteiros somente: número de camarões por quilo.

Por exemplo:
Classificação 80/100 significa de 80 a 100 camarões em 1 kg – a média é de 90 camarões.
Classificação 50/60 significa de 50 a 60 camarões em 1 kg – a média é de 55 por kg.

Se temos 90 camarões em média (para a classificação 80/100) em 1 kg, dividindo 1.000 g (= 1 kg) por 90, cada camarão desta classificação pesa aproximadamente 11 g.

O mercado brasileiro usa também este parâmetro: camarão inteiro de 11g corresponde ao 80/100 na classificação internacional.
As tabelas sairam do alinhamento para melhor visualização




Para os camarões cauda ou descascados (PUD e PTO), também é utilizada a quantidade de camarão, só que em 454 g (= 1 libra-peso) *Medida inglesa de peso

Assim, por exemplo, a classificação 51/60 significa de 51 a 60 camarões sem cabeça (cauda) em 454 g, que equivale a média de 56 caudas em 454 g, dando o peso unitário de 8,2 g. O mercado nacional, neste caso, utiliza mais a classificação internacional.


Os camarões que passam por processo de beneficiamento adquirem o selo do SIF (Registro do Ministério da Agricultura), garantindo a qualidade dos produtos.
Fonte: