sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Musse de Morango - Receita 2 - Post III de III




Esta receita foi garimpada da Revista Boa Forma - Ed Agosto/2014. Mais uma opção para usar os morangos de época.

Ingredientes
. 1 caixa de gelatina diet sabor morango
. 1/2 xícara (chá) de água fervente
 . 1/2 xícara (chá) de água gelada
. 1 xícara (chá) de morangos picados ou substitua por um pacote de polpa de morango (amora , framboesa) congelada
. 1/2 xícara (chá)  de iogurte natural desnatado
. Chantilly, Pedacinhos de morango e folhas de hortelã para decorar

Como fazer
1) Dissolva a gelatina na água quente, e em seguida acrescente a água gelada.
2) Bata no liquidificador a gelatina líquida no liquidificador com os morangos (ou polpa) e o iogurte.
3) Distribua em 4 taças e leve a geladeira para endurecer
4) Antes de servir, decore com os morangos e as folhinhas de hortelã. Opcional o chantilly.




Se gostou deste Post

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Sobremesa Luqui - Morangos com Chantilly e Iogurte - Receita 1 - Post II de III



Ingredientes
- 4 bandejas de morango limpos em pedaços
- 1 pote de iogurte de morango com pedaço de frutas – 500g
- 1 tubo de chantilly spray 250g
- 1 pote de chocolate mini Bis ao leite – 150g (opcional)


Como fazer
1) Limpe os morangos e coloque de molho em solução de água com água sanitária (ou vinagre) por 15 minutos.
Obs: Água sanitária pura sem perfumes e cheiro. Recomendo a QBoa, pois em seu rótulo dá informações de como proceder.
2) Lave os morangos para tirar o excesso de água sanitária.
3) Faça uma camada de morangos e outra de iogurte.
4) Alterne até terminar com o iogurte
5) Finalize com o spray de chantilly como na foto
6) Sirva gelado e como opção o Mini Bis.

domingo, 23 de agosto de 2015

Morangos - Dicas e Curiosidades - Receitas - Post I de III




Dicas e Curiosidades
Como comprar
Compre morangos de bom aspecto, tamanho médio, vermelhos vivos e com talos bem verdes. Verifique o estado dos morangos das camadas inferiores. Ele deve ser bem vermelho, sem manchas ou partes amolecidas.


Como armazenar
Altamente sensíveis, recomenda-se não guardar os morangos por muito tempo, devendo ser conservados na geladeira, sem serem lavados, pois a água favorece seu apodrecimento. Lave pouco antes de servir.


Como preparar
 Por ser fruto rasteiro, convém lavar cuidadosamente antes de consumir, para eliminar eventuais impurezas. São inúmeras as maneiras culinárias de aproveitar a fruta. Somente lavados e puros; com açúcar; creme de leite; chantilly; espargidos com suco de limão; geléias; sorvetes; purês; caldos; fazendo acompanhamento de carnes, entre outras muitas formas.


Curiosidades
Apesar de todos os benefícios que o alimento apresenta para a saúde, existem casos em que seu consumo precisa ser controlado devido à presença de ácido oxálico:
 Pessoas com predisposição a desenvolver pedras nos rins. Devido à presença de ácido oxálico, substância causadora de cálculos renais, a ingestão deve ser feita somente sob orientação de um nutricionista.
Portadores de distúrbios intestinais como: a diverticulose e diverticulite devem ter cuidados, pois por ser cítrico, possuir pequeninas sementes e possuir fibras insolúveis, o morango causa irritação no intestino e piora quadros de pacientes que sofrem com estes tipos de problemas.

Nas próximas postagens irei colocar duas receitas de sobremesas

Abaixo segue o cartaz de 2014

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Pão Integral


Após um longo período de ensaios, tentativas, erros, enfim, minha esposa e eu conseguimos achar uma receita de pão de integral que deu certo. Receita simples e fácil de fazer.


Ingredientes
SECOS
- 2 copos de farinha de trigo integral
- ½ copo de aveia em flocos finos
- ½ copo de gergelim descascado
- ¼ copo de farinha de uva (opcional)
- 25g de fermento fresco para pão
- 2 colheres de sopa de açúcar mascavo
- 1 colher de sobremesa de sal
- Copo medida: de plástica onde é envasado requeijão.
Obs: Farinha de trigo branca q/b para “dar liga”
MOLHADOS
- 100 ml de óleo de canola ou girassol
- 2 copos de água morna, a ser adicionada aos pouco na mistura

Como fazer
1) Na Tigela da batedeira colocar todos ingredientes secos
2) Adicionar o óleo e metade da água, ligar a batedeira

3) Adicionar aos poucos o restante da água
4) Caso fique muito aguada, corrigir com um pouco de farinha de trigo branca, até obter uma massa
5) Desligar a batedeira, colocar a massa em um bowl para descansar, coberta por um pano, em um lugar “quentinho”.
- Pode ser perto de uma boca do fogão onde esteja cozinhando algo.
- Pré aqueça o forno, desligue, abra a tampa e coloque sobre a mesma o bowl
- Em uma janela protegida do vento, mas com sol batendo

6) Após a massa crescer. Pré aqueça o forno.

7) Transferir a mistura para a forma do pão e assar por 15 min.

 Todas as fotos foram retiradas com celular.

Se gostou deste Post

sábado, 15 de agosto de 2015

Como fazer batata frita

COMO FAZER BATATA FRITA
Receita de Lúcio Roberto, docente de Gastronomia do Senac
Rendimento 2 porções
Tempo de preparo 20 min

Ingredientes
- 4 batatas médias do tipo asterix, descascadas;
- sal a gosto;
- óleo (de soja ou milho) o quanto baste para cobrir as batatas.

Modo de fazer
1) Corte as batatas em palitos com espessura regular (entre 0,5 cm e 1 cm).
2)  Mergulhe os palitos em água fervente, com sal, por 3 minutos.
3) Retire e passe imediatamente por água com gelo, interrompendo o cozimento. Seque bem.
4) Aqueça bem o óleo e frite as batatas até que estejam douradas. Escorra e sirva.

Dica

Para saber se a temperatura do óleo está adequada, ainda vale o velho truque de jogar um palito de fósforo no óleo. Quando acender, é hora de fritar.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Talharim de Pupunha com molho pesto


Bactris gasipaes Kunth, conhecida pelos nomes comuns de pupunha, pupunheira e pupunha-verde-amarela1 , é uma planta da família Arecaceae (antiga Palmae). Pode crescer até 20 m e é originária das florestas tropicais do continente americano. É muito conhecida e consumida pelas populações nativas da América Central até a Floresta Amazônica, sendo há séculos utilizada na sua alimentação. (Fonte: Wikipedia).


Ao contrário dos frutos, ricos em calorias e gorduras, o palmito tem poucas calorias, fibras e ainda contém cálcio, magnésio, fósforo e vitamina C, além de boa quantidade de potássio.

Dicas e Curiosidades

Como comprar
Pode ser encontrado em seu estado natural, mas geralmente é comercializado em conservas. Em Brasília encontrei no CEASA.

Como armazenar
Em seu estado natural: limpar, tirar a parte dura e cortar o miolo em pedaços e congelar. Em conserva: deixar em local fresco. Após aberto consumir todo o produto.

Como preparar
Usado para saladas, recheios de tortas, empadas, pastéis e como ingrediente de sopa. Quando natural, cozinhar com água e sal e usar refogado, em saladas ou tortas.

INGREDIENTES
TALHARIM DE PUPUNHA
- 1 palmito pupunha de cerca de 800g
- Manteiga
- Sal a gosto

MOLHO DE PESTO
- 4 dentes de alho
- 1 colher de chá de sal
- 1 xícara de chá de folhas de manjericão, fresco
- 3 colheres de chá de pinoli ou nozes, sem casca
- 100 g de queijo pecorino ou parmesão, ralado
- 1/2 xícara de chá de azeite
- Pimenta do reino a gosto

MODO DE PREPARO DO TALHARIM
1) Descasque o palmito pupunha e rale em formato de talharim com um ralador largo ou uma Mandoline. Reserve.

2) Coloque água em uma panela e deixe ferver. Enquanto isso, comece a preparar o molho de pesto.   
3) Coloque o talharim de pupunha na panela com água fervente. Acrescente a uma colher de manteiga e tempere com sal a gosto. Deixe cozinhar.
4) Escorra o talharim, sirva com o molho e bom apetite!

MODO DE PREPARO DO PESTO
1) Descasque os dentes de alho, passe pelo espremedor e coloque em uma tigela
2) Adicione a colher de chá de sal e misture muito bem
3) Triture os pinoli ou as nozes (no processador, com um pilão ou com as mãos) e junte alho e sal
4) Lave as folhas de manjericão
5) Seque e pique em pedaços bem pequenos
6) Coloque também na tigela
7) Acrescente o queijo e o azeite e misture muito bem até obter uma pasta homogênea (opcional: usar um mini processador)
8) Tempere com um pouco de pimenta do reino e conserve em um vidro esterilizado


Se gostou deste Post

sábado, 8 de agosto de 2015

Tilápia a moda Tai (Tailândia)



Bom, esta receita veio de inspiração momentânea e “sobras” na geladeira e dispensa.
Prato um pouco picante, fácil peparo, mas muito saboroso.

Ingredientes
- 4 filés de tilápia
- 1 pimenta dedo de moça picada sem semente (se quiser picante coloque as sementes)
- sal e pimenta do reino a gosto
- suco de 1 limão
- suco de 1 tangerina (laranja)
- óleo para refogar (azeite, manteiga de garrafa)
- 1 cebola roxa picada ou cortada em meia lua
- 2 dentes de alho
- 1 lata de tomate pelado (usei um molho de tomate caseiro que tinha na geladeira)
- 1 folha de louro
- folhas de hortelã
- 2 colheres de sopa de gengibre ralado
- coentro a gosto
- açúcar para quebrar a acidez do molho de tomate
- amendoim e farinha panko

Como fazer
1) Tempere os pedaços de tilápia com sal pimenta do reino, limão, gengibre e laranja. Deixe marinar.
2) Refogue em um fio de óleo vegetal a cebola, alho e pimenta dedo de moça, deixe refogar bem, mexa bem, acrescente uma colher de chá de gengibre ralado, coloque os tomates da lata com o suco, vá partindo os tomates (usar amassador de batatas), deixe apurar, fervendo por uns 8 min.
3) Reduzir um pouco, tempere com sal, pimenta do reino, as folhas de coentro e hortelã .
4) Em um refratário dispor os peixes, e por cima colocar o molho e o caldo da marinada.
5) Quando o peixe já estiver cozido, coloque um pouco de farinha panko (engrossar o molho) e o amendoim.
-Sirva acompanhado de um arroz, podendo ser branco, jasmim ou até mesmo o integral.




Se gostou deste Post